A vida...

... é sempre mais profunda do que sabemos, mais divina do que nos parece.
Daí sermos capazes de sobreviver a degradações e desesperos que, de outro modo, nos afogariam.

W. James


Tinha razão, o homem...

Grandes Coisas

"Para realizar grandes coisas precisamos viver como se jamais devêssemos morrer!"

Renan



Parece-me um bom mote, para o dia de hoje!

Impaciência...

Falta de paciência. Impaciência. Fúria.

Muita, hoje.

Quem me dera ser um cavalo selvagem, para sair daqui a correr. E havia de correr, com tanta fúria, até que todos os músculos do meu corpo me doessem de tal forma que tudo o resto já não tivesse importância nenhuma e a minha alma me dissesse "Pára!, que já não te sinto!", e havia de sair do inferno morno em que ela está!

...quando, mas quando é que eu poderei finalmente descansar?...

Informação útil

Informa-se todos os interessados que os biscoitos de cão da marca "Modelo" são inócuos para as crianças em fase pré-escolar.

Experiência recente em menina de 3 anos, mostrou que a ingestão de um biscoito de cão da citada marca não provoca quaisquer danos ou efeito colateral nocivos.

De resto, parece ter desbloqueado uma situação de implicância com a sopa ao jantar, sendo que se notou, inclusive, uma certa acalmia na fera, perdão, na criança, depois da ingestão do aludido biscoito.

Fica aqui, pois, esta informação, que terá utilidade nos agregados familiares onde existam canídeos.

Ouvido cá por casa...

...manhã tranquila de sábado.
Tudo a levantar-se mais tarde.
Fuga dos baixinhos para cima da cama da mãe, canal Disney ligado.
Ele: "Anda cá, mana, está a dar o Disneeeeyyyy!".
Ela responde imediatamente à chamada do irmão e recostam-se ambos na minha cama.
Eu saio para ir preparar o pequeno almoço e ainda oiço isto, dele: "Sim senhor, Rita, isto é que é vida!".

A felicidade está seguramente nisto...

O Futuro

Li isto algures num anúncio a um automóvel, mas achei uma máxima muito sensata:

" A melhor forma de prever o futuro, é inventá-lo!"

Pronta para a avaliação

Por causa de duas mensagens que recebi neste post, tenho andado a ruminar nisto de se ser feliz.
Ser feliz, afinal é o quê?
Aproveitei um diazito de férias para tratar de uma série de assuntos (às vezes fico admirada com o facto de parecer que as vidas se resumem a papéis, declarações, impressos, certidões...). E, no meio das chatices que tive de resolver - que implicaram uma passagem pelo emprego, que me "roubou" ainda algum tempo - fui pensando naqueles dois comentários.
Neste momento, ser feliz, para mim, significa estar bem com os meus baixinhos. Tê-los com saúde. A eles e aos meus pais, irmã, cunhado, sobrinha...eles e mais uns quantos entes queridos. Significa ultrapassar alguns momentos que se avizinham mais complicados, da melhor forma possível, com elevação. Significa saber que tenhos os amigos à mão, saber que se preocupam comigo e que me preocupo com eles. Isto tudo significa que tenho que crescer, para provar que sou capaz. Que serei capaz de levar a minha nau a bom porto. A um porto seguro. Que serei eu a escolher. Para o melhor ou para o pior. Sabendo que, de tudo se retiram ensinamentos.
Porque é como disse o/a visitante Nhoquinho - só sabemos avaliar a felicidade se conhecermos o outro lado.
Acho que estou pronta para a avaliação.

Tenho pensado muito...

...ultimamente. Estou numa encruzilhada da minha vida e acho que isto TEM que ser respondido:

Porque é que, sendo ambos cães, o Pateta fala e o Pluto não??

Hã?! Apre!!!

Perguntas...

Porque é que o Pato Donald sai do banho com toalhão, se ele não usa boxers?

E porque é que os pilotos kamikaze usavam capacetes?

Humm???

Uma pequena explicação

Não tenho pretensões de ser a dona de uma blog extraordinário, com um impacto fabuloso, e tenho bem a consciência de que, em caso de "falência", não haveria um blog-tumulto a pedir que reconsiderasse.

Mas, porque pedi a algumas/alguns bloggers licença para linkar as respectivas "casas", sinto que devo uma satisfação pelo desaparecimento dos ditos links. É o mínimo que a boa educação me dita.

aqui havia dito o que sentia e hoje, decidi-me. Pronto.

Continuarei a ir visitar quem já visitava, eventualmente a visitar novos convidados deste meu pequeno reino. E que todos se sintam à vontade para visitar também este reino, orgulhosamente confuso.

Saudações Reais!

:o)

P.S.- Naturalmente que o podem manter o meu link nas vossas "casas"! Isso nem se pergunta!!

Os Humanos...

...trouxeram à luz do dia - ou melhor, aos nossos ouvidos - esta canção do António Variações:

Muda de vida,
Se não vives satisfeito!
Muda de vida,
Estás sempre a tempo de mudar!
Muda de vida,
Não deves viver contrafeito!
Muda de vida,
Se há vida em ti, há outro jeito!

A sorrir, eu nunca te vi.
E a cantar, eu nunca te ouvi.
Será de ti?
Ou pensas que tem de ser assim?

Olha que a vida não é,
Nem tem de ser,
Como um castigo
Que tu tenhas de viver...

Nã, nã, nã, nã, nã nã, nã, nã, nã (...) ...

Linda, não é?

E sabem que mais? Dedico-a inteirinha à minha pessoa!!
"Mai" nada!!

Despertador...

O Marido e a Mulher não se falavam há uns três dias...Entretanto, o homem lembrou-se que no dia seguinte teria uma reunião muito cedo no escritório, e como precisava de se levantar cedo, resolveu pedir a mulher para acordá-lo; mas para não dar o braço atorcer, em vez de falar, escreve num papel: "Acorde-me às 06 horas da manhã".

No outro dia, levanta-se e quando olha no relógio são 09:30 h. O homem tem um ataque e pensa:"Filha da p... !!! estúpida!!! não me acordou... " Nisto olha para amesa de cabeceira e repara num papel no qual está escrito: "... São seis horas, levante-se!!!"

(Qualquer dia tenho que fazer outro blog, que esta linha editorial não é lá muito babbyblogger...)

Asneiras por encomenda…

Depois do episódio atrás relatado (Sábado Pintado), no sábado passado, nos preparativos blogónicos para dia 30, nem parecia que era a minha filha que ali estava, com 6 potes de tinta à disposição – à ínfima partícula de tinta caída nos dedos, pedia um toalhete para se limpar. Bem, à falta de toalhete, a cadeira também servia perfeitamente.

Sei lá, acho que estava inibida com o afã criativo à sua volta... ou não estava no seu habitat natural... ou a textura das tintas ou... asneiras por encomenda não têm piada nenhuma...

Duas Regras para ter Êxito Definitivo da Vida

1. Nunca Revele tudo aquilo que sabe.

Fica-se a pensar...

...nestas coisas.
Fui ali a um blog de uma net-amiga e li um post que me deixou a pensar.
A pensar em fazer aqui umas remodelações no Reino. Era um assunto que já tinha sido objecto da minha reflexão. E pensei que tinha isto arrumado. "Resolvido", como ela diz.
Mas agora, quando penso nisso, realmente, realmente... Provavelmente, começo por retirar os links da barrinha do lado. Não é por nada, é que ninguém tem que saber por que cantos eu ando.
E não há-de ser por mim que os vai descobrir.
Bem, nada decidido, por enquanto. A ver...

Eu é que sei...

Isto é porque é sexta-feira, e porque tive uma semana de trabalho tramada, e porque está sol, e porque o blog é meu, e porque achei piada e porque me apeteceu!

E quem não gostar, olhe, vá dar uma curva, ali, a ver se eu estou lá... béu béu*.... béu béu*...

Lá vai:

Uma menina inglesa que entra numa loja de brinquedos, vê várias promoções e pergunta à empregada: - If I buy a Barbie doll, does she comes with Ken? E a empregada, com um sorriso triste: - My dear, Barbie loves Ken very much... but she only comes with the Action Man.

Bom fim de semana!!


* - isto são os béu-béus a ladrar enquanto as caravanas passam... :º)

A resposta à Anna^

Para responder ao convite da Anna^, cá vai a minha resposta ao questionário:

*Não podendo sair do Fahrenheit 451, que livro quererias ser?
O Principezinho, de Sain-Exupéry.

*Já alguma vez ficaste apanhadinho(a) por um personagem de ficção?
Não, nunca. Por algumas histórias, vivências talvez, pelos personagens, não.

*Qual foi o último livro que compraste?
”Os Crimes do Sino Dourado”, de Robert Van Gulik
"Imprimatur", de Monaldi e Sorti

*Qual o último livro que leste?
”Bons Augúrios”, de Neil Gaiman e Terry Pratchett

*Que livros estás a ler?
”O Código da Vinci” de Dan Brown, o Código Civil, o da União Europeia, a Constituição da República Portuguesa (leitura absolutamente recomendada), entre outros...

*Cinco livros que levarias para uma ilha
Seriam bem mais do que cinco, com toda a certeza. Seriam os seguintes:

”Bons Augúrios”, de Neil Gaiman e Terry Pratchett
"Eu queria usar calças", de Susana Tamaro
“A voz melodiosa”, de Monserrat Roig
“O Labirinto das Azeitonas, de Eduardo Mendonza
"Papel pardo", de Henrique Monteiro
Alguns clássicos da literatura grega, que vergonhosamente, nunca li.
Todos do Milan Kundera


*Três pessoas a quem vais passar este testemunho e porquê?
Bem, duas das pessoas não têm blog, mas passam por cá; uma é a minha irmã. Outra é a minha amiga Isabel.
A terceira é uma blogueira – a Ana, dos Kidos.
Porquê? - Porque sim.

Já agora, a partida para a tal ilha, é para quando??

Desconfio...

... que ele sabe disto. E mais do que eu calculava.

Hoje de manhã, não se queria levantar.

Enrolou-se no edredon e, enquanto me debruçava para ver se o convencia a levantar-se, disse-me "ó mãe, deixa-me estar, ainda é cedo e eu quero sonhar, porque não sonhei quando estava escuro!".

E deixou-me a pensar que tinha razão... quando está tudo escuro, não sonhamos, pois não?

Deixei-o e fui tratar da Rita...

Regra de Fagin sobre a previsão do passado

A previsão a posteriori é uma ciência exacta.

Para a minha Amiga Isabel

Parabéns! Atrasados, pois claro!
Estavas à espera de coisa diferente, vinda de mim?
Sou a tua amiga que chega sempre atrasada e te faz atrasar, que te tira do sério, mimada, como tu dizes, mas que gosta de ti.
Muito, porque a nossa amizade caíu-nos em cima, uma da outra, sem estarmos à espera, sem qualquer indício do que lá vinha.
E por isso é que, mesmo sempre a trocar as datas - e a esquecê-las - penso em ti. Tenho pensado até muito. Sabes porquê, não sabes?
Fica-te aqui um beijinho, especialmente atrasado, mas até te sabe melhor, de certeza, porque já deixou passar o reboliço dos outros beijinhos todos!

(... que é que foi? então já não sabes que eu tenho argumentos sempre para tudo?... :o)... )

Lei de Bohr

Um perito é alguém que já fez todos os erros possíveis e imagináveis num campo de estudo muito restrito.

Isto traduz muitíssimo bem a minha relação com Macroeconomia... não há-de ser nada...

Operação Stop

Numa operação stop a um automóvel cheio de gente maluca, as coisas correm assim:

1. O Sr Agente faz sinal à condutora para encostar;
2. Os ocupantes começam a perguntar "ó mãe, mas porque é que estamos a parar?", um "pukê, mãiiii?", a outra;
3. O Sr Agente explica que é para fazer um inquérito ao tráfego porque "(..)bbbchchchc bbccgcgcgc(...)" Nesta altura, a condutora já não está a ouvir muito bem;
4. O infeliz do inquiridor começa a tentar realizar o questionário, (de onde é que a condutora vem, para onde é que bbbchchchc , bbbchchchc ...), mas estácom um azar dos incas, porque os ocupantes toparam que o agente está com um colete verde e não páram de dizer um"ó mãe, aquele homem está todo verde", e a outra a repetir a terminação "hómi vêde, hómi vêde, hómi vêde!";
5. Nesta altura, a mãe condutora tenta acalmar os ocupantes, sem sucesso, até já o inquiridor se ri;
6. A condutora, em desespero de causa, levanta a voz e diz aos ocupantes "ó pessoal, "vam'lá a calar, que eu tenho que dizer aqui umas coisas a este senhor...", mas o único efeito que consegue é chamar à atenção do segundo agente, que também está de verde, o que por si só, também já não ajuda...ainda por cima os senhores agentes já se estão todos a rir, o que aumenta ainda mais o nível dos decibéis, na proporção directa do atraso da condutora e do ruído...
7. Nesta altura, o senhor inquiridor - que revela inteligência e percebe que dali não leva nada - agradece muito e manda-nos embora, com honras de trânsito parado.
8. A condutora agradece muito e segue dali p'ra fora!

Este relato é baseado em factos Reais...

Para reflectir...

"Só existem duas coisas infinitas: o Universo e a estupidez humana. E, quanto ao Universo, não estou certo ."

Einstein

BLOGONIQUE - INSCRIÇÕES

Por uma questão de logística, desde logo, mas sobretudo, por razões de segurança, o Staff do Blog-Nique resolveu centralizar as incrições, que terão agora que ser realizadas via e-mail, para o endereço blogonique@hotmail.com.

Devem proceder do seguinte modo:

No título escrevem o texto INSCRIÇÃO BLOGONIQUE.

No corpo da mensagem indicam o nome do vosso blogue ou o nome do blog que vos recomendou, consoante sejam blogger ou só visitante.

Não levem a mal estas medidas, mas a segurança de todos quanto participarem é de primordial importância!

Assim, não haverá como não passar uma tarde agradável com os nossos baixinhos!

Qual é a coisa, qual é ela...?

Durante a semana que antecedeu a Páscoa, o Tomás e a Joana foram para o Alentejo, para junto dos Avós.

A Avó Mariana tem aquele jeitinho especial para entreter a tropa fandanga e, numa tarde mais fresca, resolveu brincar com os netos às adivinhas:

Avó: Qual é a coisa, qual é ela, que, lá do altos dos pendentes, quando se ri, caem-lhe os dentes? (*)
Resposta pronta do baixinho: É o Avô!

Ora bem - convém aqui esclarecer que o Avô João usa uma prótese, mas, às vezes a dita fica de folga, por assim dizer... :o) e o baixinho já deve ter topado e achou, com toda a legitimidade, diga-se, que era o Avô! Afinal ele - Tomás - quando se ri, os dentes ficam no mesmo sítio (pelo menos, por enquanto...)

O que vale é que o Avô é um "good sport" e achou um piadão à resposta dada!

(*) Resposta: as pinhas.

Ode ao meu Umbigo

Eu tenho um Umbigo. Modéstia à parte, até é um Umbigo jeitoso. E nem é grande.
Mas tem cá uma destas personalidades, forte, tão forte, que me faz fazer coisas. Coisas assim como escrever. Escrever coisas.

E as coisas que escrevo são acerca dos meus baixinhos, de mim, de outras coisas que me passam pela cabeça.

Mas como tenho o meu querido Umbigo, até acho piada se as coisas que o meu umbigo me faz escrever também elas tiverem piada. Se forem bem escritas, está claro!

E um dia destes, pensámos – eu e o Umbigo – “e então, ó Umbigo, e se as coisas que me passam lá pela cabecinha pudessem ser partilhadas?” e o Umbigo respondeu “Olha, Janeca, se calha, há para aí umbigos como eu!”.

E não é que havia?! E pronto, lá fomos nós – eu e o meu Umbigo – para a aventura virtual – um blogue!

Éh pá – mas o que nós – eu e o meu Umbigo – temos gostado disto!!

E quando o Umbigo começou a ter visitas de outros Umbigos, que lhe diziam para me dizer que continuasse a escrever coisas, porque eles – os outros Umbigos – gostavam, nós – eu e o meu Umbigo – gostámos e ficámos vaidosos, porque já não eram só os amigos chegados e família a dizerem que umbigamos – perdão, escrevemos – bem.

E, cá entre nós - eu e o meu Umbigo - gostámos de ouvir isto. À séria! Porque nos temos sentido acompanhadas de gente boa, alto astral! E temos gostado deste cantinho blogoesférico, por causa dos outros Umbigos que cá vêm!

E depois decidimos - eu e o meu Umbigo – partilhar coisas dos baixinhos, foi outra vez tão bom saber que há gente do lado de lá da fibra óptica ou dos infra vermelhos ou sei lá do quê mais (eu e o meu Umbigo somos da área de letras, tá?) que também tem coisas maravilhosas para partilhar, para contar e para ensinar.

E é assim, que publicamente, quero agradecer todo o apoio que temos – eu e o meu Umbigo – recebido dos amigos que agora, são "cá da casa"!

E fica aqui, desde já, o compromisso de que nós - eu e o meu Umbigo - não desistirmos!



P.S. Querida Amiga, este post é dedicado a ti, pela lição de ontem!

Blogo-nique - Dia 30 de Abril

Esta amiga e eu, com a preciosa ajudinha desta outra querida, e mais desta, estamos a organizar um blogonique (piquenique de mães e pais blogueiros)

Está agendado para dia 30 de Abril. Quanto ao local, já existem algumas sugestões (Alvito, Serafina,Expo), mas ainda se aceitam outras ideias.

Por uma questão de "arrumação" as inscrições são aqui.

Papás e mamãs e afins também estão convidados!

Divulguem nos vossos blogs.

Vamos passar uma tarde bem disposta, comos nossos baixinhos todos!

É de anteontem, mas não faz mal!

Não faz mal, porque me senti bem. E tenho que registar o momento, sempre que me sentir bem. Para vir ler depois...

Por entre as nuvens lá veio um raiozito de sol. 13:40 -- Já!? Raspei-me logo. Almoço ao sol, grande ideia! Sozinha, que me sabe bem ter tempinhos só para mim e os meus botões. Então ao sol! Liguei o radio, John Mayer, mas baixinho, que na árvore havia pardalitos a chilrear. Aproveitei para contar mais umas da Rita (a do Natal da Primavera). Comi. Ouvi mais música e senti-me bem. Ali, só dentro do carrito. E fiquei a pensar que estou a escassos 15 Km de Lisboa...Fechei os olhos e fiquei a ouvir os passaritos outra vez. Depois, começei a pensar "E agora, Maria João, como é que saímos daqui? Que mão é que liga o carro?"
Mas depois, vá lá, tive sorte - Apanhei "boleia" de uns "cigarrettes and chocolate and milk" do Sr Rufus W. e fiz-me à estrada. Também, estava a 5 minutos do emprego.

E o que me vale, é que vejo o mar da janela do meu gabinete...

GRANDE BLOGONIQUE!!!

Apesar de ser dia 1 de Abril, este desafio é mesmo verdadeiro.

A EP, (Em Busca do Emprego Perdido)
sugeriu, eu achei que era uma óptima ideia e decidimos estender este convite à confraria de mães e pais blogueiros para um blogonique, já que o tempo está mesmo a convidar a umas actividades outdoor!

Data e local a combinar! Vão passando a informação e vão dizendo coisas!

Cheiro de calor...

Hoje saímos os 3 de casa mesmo bem dispostos, mesmo com humor digno de uma sexta-feira de primavera!

Já estava calor, saímos 10m antes da hora do costume, fiz-lhes um miminho de comprar bolos e sumos para o pequeno almoço, que quiseram tomar na escola, juntamente com alguns coleguinhas que o fazem todos os dias, e mais uma dose igual para o lanche, que o da escola à sexta é muito contestado.

E nem o facto de termos apanhado um monte de lesmas à nossa frente, que nos fizeram apanhar tudo quanto era semáforo vermelho estragou o clima! Aliás, o grito de guerra hoje dentro do carro hoje era "Ao Infinito e Mais Além!..." enquanto viajávamos à estonteante velocidade de 30 km/hora!!

Boa sexta feira a todos!