Saudades

Tenho saudades dos gritos e dos risos, das discussões e amuos, dos olhos e do cheiro. E dos beijos... dos beijos!!

Mas sabê-los nos avós, a receberem doses industriais de mimos, conforta-me!

E as férias vêm já aí...



:)

Prognóstico...

Já com ela, antevejo uma imaginação fértil nas redacções.
Pelo menos a avaliar pela forma como conta histórias... Já cheguei a deitar-me na cama, começar a ouvir a história que ela tinha para nos contar, adormecer, acordar uma hora depois (não, não estou mesmo a inflaccionar!!), e ela continuar com os seus "e dapois"!!

... se for na escrita como é na oralidade... :p

Avaliação

Este ano foi o pai quem foi à reunião de pais.
Boas notas a matemática e um extraordinário avanço na leitura.
A trabalhar: as redacções. Justificação: é muito sintético.

Exemplo:

"Redacção: As Árvores
As árvores são nossas amigas porque dão ar puro e fazem sombra."

Justifica-se!

:)

Rapidinha...

Tratar de assuntos à hora de almoço, em locais próximos da escola deles, é sempre uma boa desculpa para uma dose de mimos concentrada!

Tem de ser em modo acelerado... o relógio de ponto não perdoa, mas as saudades também, não...!

Que se lixe a taça, que é como quem diz, o saldo!... Há lá saldo mais positivo que dois pares de olhos a sorrir e quatro braços esticados a pedir abraços!!!