O 2º Ciclo do Ensino Básico é...

... deixá-lo na escola com lágrimas nos olhos, ter a sensação de o deixar entregue às feras e passar o dia com o coração apertado.

Subitamente, dou por mim a ter saudades do tempo em que o deixava no infantário. Qual graça de os ver crescer, qual quê!! Receio por ele. É um pardalinho no meio da confusão que esta nova fase representa.

Sei que aquilo que não nos mata nos fortalece, mas detesto ter este tipo de pensamentos com respeito ao meu filho.

Saio dali todas as manhãs de coração apertado. E se lhe batem, os mais crescidos? E se não come? E se não se orienta?

A passagem de ciclo, do 4º para o 5º é brutal! Passam de uma fase em que lhes fazem tudo para uma vivência em que lhes atiram à cara um rol de rotinas e responsabilidades sem fim. Primeiro é o cartão, que serve para os acessos - entradas e saídas - do recinto escolar; serve para comer, para comprar material escolar. São os responsáveis pelo cacifo; por eles próprios.

O 4º ano não lhes ensina isto. Têm de andar de sala em sala, com mochilas carregadas com o equivalente a metade do peso deles (onde estão as disposições que regulamentam isto e a sua fiscalização??), em aulas com metodologias diferentes, que quase nada têm a ver com o ano anterior...

No 1º ano ele chorou, de medo, de tristeza por não ter ali os amiguinhos dele. E só me contou no fim do ano, que "era para nãp preocupar a mãe"... Sei que agora não chora, disse-mo. Mas sei que se sente deslocado (mais uma vez o grupo dos melhores amiguinhos não o acompanhou...). Sinto-o mais agitado. E mais dependente de mim, mais ansioso por dormir comigo, por estar de noite acompanhado. E por o saber assim, a guardar estas coisas para ele, ainda me dói mais.

Dias há em que me apetece tirá-lo dali e metê-lo no carro e fudir dali para fora...

Ela também anda diferente... falta-lhe o irmão. É menos complicado, pois ficou na mesma escolinha. Mas não deixa de me merecer preocupação.

Adoro os meus filhos e ando moída com isto, dorida...

Infelizmente, não tenho estrutura financeira para os meter num colégio...

1 comentário:

Mocas disse...

Não sei como vim aqui parar, mas acho que já segui o teu blog para aí há uns 4 anos atrás.

compreendo o que sentes. para o ano o meu vai para o primeiro ciclo, escola´pública e estou cheia de medo que a adaptação lhe seja dolorosa.

um bj

Mas olha que nos colégios tb se levam muitos calduços...