Ele...

Por mais que o veja a saltar de cercas e de muros, com a destreza dos sete anos que já tem, por mais que oiça a falar à puto reguila com os amigos e os "primos" grandes, acompanhando-os no estar e fazer, por mais que ele já se recuse a receber mimos meus em público, à noite, quando dorme e o aconchego, não resisto a cheirá-lo e a chamar-lhe "passarinho da mãe"!

2 comentários:

LP disse...

Eu digo ao mais velho que ele vai ser sempre o meu bebé. Sigo-o baixinho, quando estamos só os dois, e ele adora.

Carla O. disse...

Que bom que voltaste!!!
Também faço o mesmo com o meu, principalmente nessa hora do deitar, ponho a minha cara na dele e digo-lhe que o adoro :) Tem 8, mas acho que ainda gosta.
Beijocas